Um roteiro de 15 lugares que você precisa conhecer

O que fazer em Maceió? Maceió tem uma das orlas mais bonitas do Brasil e essa beleza se deve, principalmente, ao mar, que muito se assemelha ao do Caribe, e aos inúmeros coqueiros plantados ao longo da orla.

Quem visita a capital alagoana provavelmente viaja em busca de praias e de bons dias de sol na frente do mar; se é isso que você espera da viagem, prepare-se, pois encontrará muito mais: boa culinária, artesanato e uma atmosfera contagiante!

O que fazer em Maceió

Uma viagem à capital alagoana deve começar com um bom passeio na orla, com paradas nas praias de Jatiúca e Ponta Verde, onde você pode admirar um belo pôr do sol e tirar uma foto com a placa “Eu Amo Maceió”. Pajuçara, quase sem ondas, é ideal para fazer um passeio até as piscinas naturais, mergulhar com peixes e descansar tomando um sol.

Por falar em passeios, você não vai querer sair de Maceió sem fazer pelo menos um deles. As praias que ficam nas proximidades da capital são lindas, cada uma com suas peculiaridades.

A Praia do Francês chama a atenção pela barreira de corais ao longo de sua extensão, enquanto a Praia do Gunga se destaca pelos milhares de coqueiros, pelas falésias coloridas e pelo encontro do rio com o mar – é um lugar maravilhoso, inclua no roteiro! Paripueira é um bom lugar para ver piscinas naturais não tão exploradas e Carro Quebrado, para curtir a praia quase deserta.

Se quiser fazer um passeio diferente, uma boa sugestão é visitar a Foz do Rio São Francisco, que fica na divisa entre Alagoas e Sergipe. São tantas praias diferentes e tantos cenários belos em Alagoas que constantemente a gente fica em dúvida de quais passeios fazer e quais praias conhecer.

Para os amantes de boa culinária, não há motivos para preocupação. Maceió tem restaurante japonês, italiano, baiano, tapiocarias e estabelecimentos especializados em peixes e frutos do mar. Para comer camarões e frutos do mar, não deixe de ir ao Imperador dos Camarões ou ao Janga e para comida regional, não perca um almoço no Bodega do Sertão, um self-service de respeito, com pratos ótimos!

Durante a noite, aproveite para curtir a animação das barracas de praia como a Kanoa e ir Maikai tomar um chope.

Bodega do Sertão

Bodega do Sertão

Para experimentar diversos pratos da cozinha regional, o Bodega do Sertão é uma das melhores opções em Maceió. O restaurante funciona no modelo self-service e expõe sobre um fogão a lenha os autênticos pratos da cozinha do Nordeste brasileiro (inclusive da alagoana). No local você poderá comer cuscuz, galinha à cabidela, cartola, tapioca, arroz com quejo coalho e a carne de sol com nata, famosa por lá. Ah, guarde um espaço para as sobremesas, porque elas também valem a pena!

É uma excelente opção para quem sente falta da comida nordestina e quer encontrar um grande leque de opções em um único estabelecimento. A decoração interna rústica (lembrando os ares nordestinos), as músicas regionais e os funcionários vestidos a caráter dão um toque especial ao restaurante, que ainda conta com uma lojinha que vende comes e bebes. Uma experiência completa!

Dunas de Marapé

Dunas de Marapé

A região de Duas Barras, em Alagoas, é muito bonita e rende um ótimo passeio para quem está em Maceió. O lugar pacato é palco do encontro do rio com o mar; por isso, quem o visita pode tomar banho de água doce e água salgada.

Quando se fala em “Dunas de Marapé“, muita gente pensa logo em dunas altas e douradas, mas a verdade é que essa não é exatamente a imagem que se deve ter ao falar dessas dunas. As Dunas de Marapé existem, mas são pequenas e o título refere-se, normalmente, a um complexo de praia localizado nessa região.

Kanoa Beach Bar

Kanoa Beach Bar

Point da praia durante o dia e da vida noturna quando o sol vai embora, o Kanoa Beach Bar é uma das excelentes opções de entretenimento em Maceió e tem o diferencial de ficar na praia, cercado por inúmeros coqueiros.

Com infraestrutura para curtir o mar da Ponta Verde com tranquilidade, o Kanoa é também ideal para tomar uma cervejinha durante a noite e comer um petisco. Algumas vezes por semana, Entre quarta e domingo, a casa tem uma programação noturna animada, que inclui DJs e música ao vivo. Muitas vezes também há promoções de dose dupla durante o happy hour.

Marechal Deodoro

Marechal Deodoro

Marechal Deodoro é a pequena cidade alagoana onde nasceu o marechal Deodoro da Fonseca e foi capital da capitania alagoana. Quem se hospeda em Maceió pode reservar um dia para caminhar pela cidade histórica, curtir sua arquitetura e visitar locais como a casa onde viveu o marechal – que foi o primeiro presidente do Brasil -, igrejas e praias próximas.

A cidade é calma e conserva um clima de cidade do interior, onde muitas pessoas se reúnem nas ruas para conversar com vizinhos.

Paripueira

Paripueira

Paripueira é uma praia longa, com areia fina, mar claro, barracas de praia, coqueiros e muitos barquinhos de pescadores. Essa praia está a cerca de 30km de Maceió e revela-se uma boa opção para curtir piscinas naturais sem grande movimento de pessoas.

Em algumas das barracas de praia de Paripueira você pode comprar os passeios que levam às piscinas naturais formadas na maré baixa. A dica é evitar os dias em que as grandes empresas levam turistas para o local, para encontrar as piscinas mais desertas e muito mais tranquilas. Nas piscinas será possível admirar peixes, corais e ouriços, além de mergulhar em águas cristalinas, dignas de serem chamadas de “caribe brasileiro”. O passeio vale muito a pena e quem visita Paripueira não pode deixar de fazer, pois essa é a melhor parte da praia.

Passeio de barco até a Foz do Rio São Francisco

Passeio de barco até a Foz do Rio São Francisco

O Rio São Francisco é o maior rio genuinamente brasileiro e um dos mais importantes da América do Sul. Conhecido como Velho Chico, o rio tem nascente em Minas Gerais e passa por estados como Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas. Entre Alagoas e Sergipe fica a foz do Rio São Francisco e o passeio vale a pena para quem está hospedado em ambos os estados. Para quem passa férias em Maceió, por exemplo, é mais fácil seguir até a cidade alagoana de Piaçabuçu, de onde partem os passeios de barco até o encontro das águas.

A paisagem ao longo do rio é belíssima e rende um ótimo passeio ao ar livre. Durante o trajeto, é possível observar a bela mata ciliar e moradores da região que tiram seu sustento da pesca. O encontro das águas não é tão aparente quanto o encontro do Rio Negro e do Solimões, pois o rio e o mar já não têm cores tão distintas, mas o lugar tem uma beleza singular. Se puder, recomendamos uma parada para mergulho no rio e outra nas belas dunas de Piaçabuçu. Se o porte da embarcação permitir, é interessante, também, parar em uma pequena ilha onde antigamente existia um povoado sergipano e que, por conta das mudanças que o rio sofreu, não existe mais. Nessa ilha está um farol abandonado muito bonito, em que se pode subir, caso a maré permita.

Picuí

Picuí

Se você pensa em comer carne de sol ao visitar Maceió, a grande referência da cidade é o Picuí. O restaurante está localizado no bairro histórico do Jaraguá e tem como carro-chefe a carne de sol, servida de diversas formas. Com pratos bem servidos e acompanhamentos deliciosos, o Picuí é um restaurante sem muito requinte e ótima comida regional.

A carne de sol pode ser de filé mignon, picanha ou cordeiro, por exemplo, e sempre é servida com vários acompanhamentos. Na sobremesa, para fugir do tradicional, peça o sorvete de rapadura.



O serviço dos garçons e da cozinha foi super-rápido durante nossa visita; o que atrapalhou um pouco foi a chateação com as moscas, já que durante a visita o ambiente era aberto.

No menu há opções como pão com pasta de alho, carne de sol paraibana, picanha de sol com queijo coalho, filé de surubim com tomates secos, picanha assada na brasa e fatiada, etc.

Praia de Barra de São Miguel

Praia de Barra de São Miguel

A Praia de Barra de São Miguel, a cerca de 30km de Maceió, é uma boa opção para passar o dia relaxando e curtindo um mar de águas clarinhas. Essa praia, que é protegida por uma barreira de corais, fica quase como uma piscina no período de maré baixa e tem ótima estrutura para os turistas. Ela tem uma ótima estrutura, com restaurantes na beira do mar, além de ambulantes que passam vendendo diversos produtos.

Seu trecho de areia é curto e fica cheio de cadeiras e guarda-sóis nos finais de semana; por isso, pode ser melhor visitá-la em um dia útil, quando a praia fica mais vazia. A maré baixa é a melhor hora para visitar a praia, portanto confira a tábua de maré antes de visitá-la!

Praia de Carro Quebrado

Praia de Carro Quebrado

Carro Quebrado é mais uma das praias surpreendente de Alagoas. O lugar fica a cerca de 45km de Maceió e, diferentemente de muitas outras praias do estado, ainda guarda um pouco de sua essência e preservação. A praia é longa, com muitas falésias coloridas e quase nenhuma estrutura para o turista que a visita. Ficar nessa praia é sinônimo de sossego, pois o movimento de pessoas nela é pequeno, principalmente em dias úteis.

O nome “Carro Quebrado” não foi dado por acaso. Essa praia não tem acesso tão simples, pois para chegar até ela é preciso dirigir pela areia. Caso deseje visitar o local, vá com um buggy; se for para passar todo o dia ou uma tarde, leve tudo aquilo de que for precisar, como água e lanches.

Praia de Tabuba

Praia de Tabuba

Visitando o litoral norte de Alagoas, uma das praias que merecem uma parada é Tabuba. No lugar acontece o encontro de um rio com o mar, mas o mais impressionante é que nos períodos de maré baixa a praia se parece muito com uma lagoa, tamanha a tranquilidade de suas águas.

O local é ideal para famílias com crianças e para pais que querem que seus filhos brinquem com tranquilidade. A praia tem um visual lindo e conta com toda a estrutura de que um turista precisa para passar o dia com tranquilidade.

A dica é visitar Tabuba em dias úteis, pois nos finais de semana a praia fica cheia e pode não ser tão bacana para quem busca sossego.

Praia do Francês

Praia do Francês

Considerada uma das praias mais bonitas de Alagoas, a Praia do Francês é hoje um point muito procurado por quem visita Maceió. Ela está localizada na cidade de Marechal Deodoro, a cerca de 25km da capital alagoana e pode ser facilmente conhecida através de um trajeto de carro ou com as empresas turísticas que realizam passeios pela região.

Boa parte da praia está cercada por uma barreira de corais, que durante a maré baixa faz com que a praia se pareça com uma piscina de tão tranquila. É uma praia de águas calmas, perfeita para quem está com crianças e não quer encarar um local com ondas fortes.

A Praia do Francês tem várias barracas, ambulantes e um mar de tirar o fôlego! É um lugar mais indicado para conhecer em um dia útil, já que nos fins de semana suas areias ficam lotadas de gente.

Sorveteria Bali

Sorveteria Bali

O calor é intenso em Maceió e sobre isso não há dúvida. Para dar uma refrescada em grande estilo, a dica ir até a Bali, uma sorveteria tradicional na capital que conta com diversos sabores de sorvete, um mais gostoso que o outro. Os sorvetes são divididos em seções: uma para frutas, outra para chocolates e por aí vai… difícil é escolher um favorito, pois são inúmeras opções.

Se quiser tomar um sorvetinho acompanhado de algo diferente, a sugestão é pedir um profiterole ou petit gateau com sorvete. A casa costuma ficar cheia, principalmente nos finais de semana e durante a noite. Se quiser sair da dieta, essa sorveteria é um ótimo motivo.

Takê

Takê

Quem gosta de comida japonesa tem no Takê uma das melhores opções da cidade de Maceió. Com menu à la carte e rodízio, o restaurante é ideal para um jantar entre amigos ou a dois. O ambiente é moderno, mas o serviço pode deixar a desejar se o local estiver cheio.
Para quem quer experimentar variados pratos, é mais indicado escolher o rodízio ou montar seu próprio combinado.

 

Armazém Guimarães

Armazém Guimarães

Boa atmosfera, ambiente familiar e gastronomia de dar água na boca – o Armazém Guimarães é uma das melhores alternativas para quem deseja comer pizza em Maceió. O lugar, que tem mesinhas na calçada e decoração interna muito bacana, costuma ficar cheio durante a noite e atrai desde casais de namorados a grupos de amigos e famílias com crianças.

O local pertence ao mesmo dono do Maria Antonieta (que fica logo ao lado), que, diferentemente do Armazém, tem um ambiente mais refinado e cardápio focado em massas como nhoque e rondele.

Lopana

Lopana

A Lopana é uma das melhores barracas de praia de Maceió. Ela fica localizada na Ponta Verde e é uma atração que atende muitos turistas e nativos. Durante o dia, o Lopana é ideal para curtir o mar e a estrutura de praia, que conta com guarda-sóis, cadeiras e, algumas vezes, música.

Durante a noite, o local é indicado para desfrutar de um ambiente descontraído, ouvir música ao vivo e tomar uma bebida gelada. A programação noturna da casa varia a cada noite, assim como o estilo musical dos shows; quando há música ao vivo, costuma-se cobrar um couvert.

O cardápio do Lopana é grande e deixar para comer um petisco ou almoçar e jantar na barraca não é má ideia. Muitos sucos e drinks acompanham frutas de verdade e são muito saborosos.

Dia e noite, o Lopana é uma ótima opção para comer e apreciar o visual do mar, que é maravilhoso! Vale a pena visitar!

Mapa da cidade de Maceió

Um roteiro de 15 lugares que você precisa conhecer
5 (100%) 1 voto




Deixe seu comentário